Leiturinha: A Rainha Vermelha

Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.

Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?

Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe – e Mare contra seu próprio coração.

A sociedade em que Mare vive é dividida pelo sangue, os prateados e os vermelhos, onde os prateados são subdivididos em tipos de acordo com poderes que possuem, como os telecs, que usam o poder da mente para fazer coisas e os verdes que tem a habilidade de fazer as plantas crescerem. Os vermelhos por sua vez são humanos normais que são usados pelos prateados para fazerem os piores trabalhos ou no pior caso, quando não se tem nenhuma habilidade manual, são mandados para a guerra, esta dura décadas e ao que parece é uma guerra sem motivos (como a que temos na vida real). Mare é uma garota prestes a fazer 18 anos e que já sabe o seu futuro, ela será recrutada para ir a guerra, e enquanto isso não acontece ela faz de tudo para ajudar sua família, mais um acontecimento na vida de seu amigo Kilorn faz com que ela mude sua perspectiva e faça de tudo para impedir que ele vá para a guerra e é ai que a vida dela toma um caminho inesperado.

Logo nas primeiras páginas a autora nos retrata uma versão “moderna” da política do Pão e Circo da Roma antiga, a expressão serviu para mostrar que os romanos viviam em meio a espetáculos sangrentos, como os combates entre gladiadores, que eram promovidos nos anfiteatros para divertir a população; além disso, pão era distribuído gratuitamente para a população. A produção historiográfica mais recente tem relativizado esta visão tradicional, no caso do livro eram distribuídos pães e cupons de energia elétrica para gritarem mais e deixar o “espetáculo” mais acalorado.

Mare conhece Cal que por um momento ela pensa ser um vermelho que trabalha no palácio e se abr com ele, mais como dizem as aparências enganam, ela é chamada para trabalhar no Palácio e descobre que o rapaz com quem falou no outro dia é nada mais nada menos que o Príncipe Herdeiro, e é a partir dai que a vida dela muda completamente, em meio a um evento que é realizado para escolher a nova rainha, Mare (que está trabalhando) é jogada no meio e assustada ela descobre um poder (que não vou contar qual é) que seria impossível ela ter, pois ela é uma vermelha, assustando ela mesma e os prateados ao seu redor.

O rei para encobrir essa descoberta faz com que ela finja ser uma prateada e a compromete com Maven, seu filho mais novo (ou seja, outro príncipe), ela não gosta dessa situação mais aceita para salvar sua família e para descobrir quem e o que ela é.

No começo acho a Mare muito chatinha, ela vive se rebaixando, achando que os outros são sempre melhores que ela, e ela nunca consegue dizer o que pensa, por medo dos prateados, sendo ela mais poderosa que eles!

Ao longo do livro você ver a Mare se tornando cada vez mais forte e confiante, querendo cada vez mais fazer justiça para os vermelhos, assim ela se junta a Guarda Escarlate, que são rebeldes vermelhos que se juntam para atacar e fazer justiça contra os prateados.

O príncipe Maven também se junta a Guarda, mas desde o começo desconfiava dele (não me perguntem o por que! rsrsrs).

Depois que Mare ajuda seus amigos a escaparem da prisão, com a ajuda de seu “professor” Julian, ela recebe deste um livro com uma mensagem de que ela não é a única vermelha com poderes e uma lista com nomes desses vermelhos.

Eu não gostei do jeito que ela começa a desconfiar do Cal sendo que o verdadeiro inimigo na verdade é o irmão dele.

A melhor parte, que achei do livro, são os últimos capítulos, quando Mare descobre a traição do Maven e quando ele se torna rei e leva ela e Cal para a Arena e ocorre um grande luta e ela surpreende todos com o seu poder!

Não vou falar mais por que se não acabo dando spoleirs e acabar com a leitura de vocês, então espero que tenham gostado do Leiturinha de hoje e me contem o que acharam quando lerem!Beijos e até a próxima!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s