Leiturinha: Um Tom mais escuro de magia

Sinopse: Kell é um dos últimos Viajantes — magos com uma
habilidade rara e cobiçada de viajar entre universos paralelos conectados por
uma cidade mágica. Existe a Londres Cinza, suja e enfadonha, sem magia alguma e
com um rei louco — George III. A Londres Vermelha, onde vida e magia são
reverenciadas, e onde Kell foi criado ao lado de Rhy Maresh, o boêmio herdeiro
de um império próspero. A Londres Branca: um lugar onde se luta para controlar
a magia, e onde a magia reage, drenando a cidade até os ossos. E era uma vez…
a Londres Negra. Mas ninguém mais fala sobre ela. Oficialmente, Kell é o
Viajante Vermelho, embaixador do império Maresh, encarregado das
correspondências mensais entre a realeza de cada Londres. Extra-oficialmente,
Kell é um contrabandista, atendendo pessoas dispostas a pagar por mínimos
vislumbres de um mundo que nunca verão. É um hobby desafiador com consequências
perigosas que Kell agora conhecerá de perto. Fugindo para a Londres Cinza, Kell
esbarra com Delilah Bard, uma ladra com grandes aspirações. Primeiro ela o
assalta, depois o salva de um inimigo mortal e finalmente obriga Kell a levá-la
para outro mundo a fim de experimentar uma aventura de verdade. Magia perigosa
está à solta e a traição espreita em cada esquina. Para salvar todos os mundos,
Kell e Lila primeiro precisam permanecer vivos.

Comecei a ler esse livro algumas semanas atrás, de inicio não me
empolgou muito e fiquei lendo muito pouco durante semanas, mais na sexta-feira
(30) eu resolvi da uma chance a leitura e me dei uma meta de termina-lo no
domingo (2), só que no sábado (1) comecei a ler e não o larguei até terminar
por completo, a história, de alguma forma conseguiu me cativar, cheia de
viagens por mundos paralelos e magia me prendeu até o fim e me deixou com um
gostinho de quero mais. Devo dizer que não era do meu interesse ter esse livro,
mais como ela veio na malinha do Turista Literário de Agosto, resolvi dá uma
chance a ele, e no final acabei gostando.

A história é bem diferente de tudo que já li, se passa em Londres
do século XIX, onde é dividida em quatro, e todas elas são em mundos
diferentes.

A Londres Preta, essa não existe mais, pois foi totalmente
consumida pela magia e isolada das outras;

A Londres Branca, onde a magia é usada como poder e as pessoas são
bastante cruéis em busca dele;

A Vermelha, onde a magia e a humanidade vivem em equilíbrio, é
onde nosso protagonista Kell, um viajante/mensageiro que consegue transitar
entre os mundos e um mágico poderoso, vive;

E a Londres Cinza, essa é mais ou menos como a do nosso mundo,
poucos sabem sobre a magia, e ela não é praticada nesse mundo, pois ninguém a
usa. É nessa Londres que conhecemos a Lila, uma ladra metida a Pirata.

Kell se envolve em problemas quando, em uma
viagem à Londres Branca, e acaba com uma uma pedra mágica que seduz seus
portadores, é nesse momento que ele vai cruzar seu caminho o de Lila, achei que
demorou bastante para eles se esbarrarem (quase na metade do livro), mais
gostei que eles se encantam um com o outro de ma forma bastante agressiva e
divertida.

Kell tem uma
relação conflituosa com sua família (a realeza da Londres Vermelha) ama o irmão
Rhy, herdeiro do trono, mais do que tudo, mas considera-se um bem do rei e da
rainha, que o adotaram quando era criança.

Lila, por sua
vez, é uma garota cheia de esperanças e com sede de aventura, inteligência e
relutante lealdade para com os outros. Sua dinâmica com Kell funciona muito bem
e, apesar de algumas insinuações românticas, esse não é de modo algum o foco da
obra, mais acho que seria interessante ver os dois se envolverem nesse sentido,
quem sabe em um segundo livro! (vamos torcer!)

Antes de escrever aqui dei uma pesquisada na opinião de outros
leitores, alguns se decepcionaram, pois botaram muita expectativa na história,
e outros dizem que é um livro original e arrebatador. A história é diferente? É,
mais não achei essas coisas todas, tanto que só fui realmente me prender a
história lá para a metade do livro.

Com uma narrativa fácil é divida entre o ponto de vista dos personagens
principais, Lila e Kell, e também outros personagens, com capítulos curtos e
rápidos, a leitura flui bem e você consegue captar bem os acontecimentos.

No final da leitura fiquei com um gostinho de quero mais, e
querendo um romance entre o Kell e a Lila! (gente, sou romântica mesmo, rsrsrs).
Quem sabe a autora faça uma continuação e nele surja esse envolvimento! (vou
torcer!)

Bom é isso gente, espore que tenham gostado, não sou muito boa em
escrever resenhas, mais espero que tenham gostado dessa e das outras que já
fiz! Beijão e até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s